in Cartas abertas, Escrita

Desculpa

Eu nasci. Roxo, chorando. Três quilos de gordura pronta para ser moldada. Cheio de defeitos. Nasci errado. “Come, você precisa crescer. Bom, viu?” “Não é tão difícil. Você senta, escuta e faz o que eles disserem para fazer.” Você escuta, só escuta. Não pense. “Não pode chorar.” Gritos. “Nervoso? Segura.” Brigas. “Você é uma criança, está estressado com o quê?”

“Gordo.” Comer é tão bom. “Rolha de poço.” Eu preciso comer menos. “Bola oito.” Comer alivia. “Você não pensa em emagrecer, não?”. Chocolates. “Bujão de gás.” Rolha de poço. “Bolota.” “Você tem o rosto bonito.” Gordo. “Come mais um pedaço, eu sei que você gostou.” Exagero. “Depois quer emagrecer.” Eu preciso emagrecer.

Desculpa Mirrors by A regular guy with camera.

“Nossa, você tem orelhas grandes.” Comida. “Devia ver isso, talvez uma cirurgia resolva.” Cirurgia. “Realmente, elas são grandes.” Para fora. Orelhas de abano. “Dumbo.” Não tem nada de errado com elas. “Nossa, elas são enormes.” São mesmo. “Vai voar?” “Tenho o número de um ótimo cirurgião, se você quiser.” Não. “Fazendo um pacote fica mais barato.” Ok, eu aceito. “Seu gordo.” Quero emagrecer.

Emagreci. Por estética. Depois por saúde. “Você ficou tão bem. Como você conseguiu?” “Ficou doente?” “Foi cirurgia?” Hábitos saudáveis. Comer sem exageros. Mas às vezes sem controle. Compulsivo. Dói. As palavras ecoam. Aquele cara na TV é bonito. Aquele outro tem charme. Essas espinhas. Minha barriga. Pneuzinhos. Meus braços. Minhas pernas. Fiquei pequeno. Preciso de músculos. Ainda há gordura na barriga. No peito. Nas costas. Preciso emagrecer. Não, eu estou bem. 1,80m e 75kg. É grande o suficiente? Não estou bem. Aquele cara é bacana. Meu corpo precisa ficar igual ao dele. Cirurgia. Tem como diminuir aqui? Tem como aumentar? Tamanho importa? O momento saúde do rádio diz que em 1 mês já consigo ver bons resultados com lipoaspiração. Fazer um pacote com as orelhas. Estão maiores. São feias.

Eu sou o problema. Eu nasci errado. Todo torto. Desculpa.

  • só eu acho suas orelhas um charme?! ‘-‘
    sério q implicavam com elas? ñ sei se é o corte q vc usa agr, e antes usava diferente… mas acho q são tão legais em vc *-*

  • Não você não é o problema, eles são os problemas da própria vida deles mesmos, desculpa pelo o que? por ser você mesmo? O importante é você ser feliz.

  • “Quando nasci, um anjo torto
    desses que vivem na sombra
    disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.”

    Já dizia o cara que sabia das cousas, Luan, e esse tal Drummond me confirmou o que eu já suspeitava, que bom nascer assim gauche e torto, desculpe, mas nascer sob o destino de linhas retas e planas deve ser tão chato…. você é um charme, para nossa sorte ^^