in Cartas abertas

2ª Fase do Joguinho

Quando emagreci, eu tinha certas expectativas, mas meu corpo não respondeu a elas. O que é de se esperar, já que eu nutria uma ideia de padrão que é difícil de alcançar. Mesmo tento perdido muito peso, medidas e roupas, ainda há uma quantidade significativa de gordura. Meu índice de gordura corpórea é alto e está um pouco longe da média ou do saudável. No final de 2013, eu estava com planos de começar esse “projeto” logo de uma vez. Em janeiro de 2014, comecei a escrever esse parágrafo. Já é um começo.

1/52 | I'll Make A Man Out Of You.

O “projeto” se resume em: me tornar mais saudável. Eu estou no meu “peso ideal”, se for avaliar o peso total dividido pela altura ao quadrado. Porém, isso não significa saúde. Uma grande porcentagem de gordura corpórea também faz mal, mesmo que o IMC aponte “está tudo normal, chefe.” Anota cai, carne magra é sempre melhor. Na internet você encontra um comparativo entre uma mesma quantidade de massa magra vs. gordura. O espaço que cada um ocupa no seu corpo. Ok, facilitarei a sua vida. Clica na vida.

Na verdade, o “projeto” é: aumente massa magra, diminua gordura. Me dei seis meses para uma reavaliação do percentual. Tirei fotos, revisitei a nutricionista para um novo cardápio – que tem dois motivos: um é voltar a comer certinho; o outro é as várias restrições alimentares que conquistei no ano passado – e escolhi alguns exercícios físicos para fazer.

De alguma forma, sinto a necessidade de mudar. Este post está indo ao ar só porque passei do primeiro mês. Quase um sucesso (ou não). Ao final do período estabelecido, colocarei as fotos, os dados da avaliação, porcentagem de gordura, etc, a disposição. Também quero contar como está sendo a minha experiência, já que não sei de nada e esse post é tudo suposição. É só um cara escrevendo do passado sobre um futuro que ele nem sabe como será. Talvez, e provavelmente, sirva como motivação para mim também. Mas, cara, vai acontecer. A 2ª fase do joguinho começou.