in Cartas abertas, O Blog

O que quero com esse blog?

A falta de postagens já é o suficiente para mostrar que não faço ideia do que fazer aqui. Porém, a situação não está tão feia quanto parece. Juro. Tenho uma linha tênue que me guia para um objetivo, mas estou estagnado. Sem posts novos, nada escrito durante 30 dias… e é algo recidivo. Coisa feia.

black

Quero manter uma frequência maior de textos, assim como estou comprometido com os vídeos do canal. Um texto por semana já vai me deixar feliz pra caramba. Só que, nessa parte, esbarro em um problema: sobre o que escrever? O que eu quero? Até agora, escrevi coisas que me expõem, que fazem parte de mim e que, mesmo depois de semanas, releio e continuo gostando. Quero que isso aconteça mais vezes e vou fazer disso um exercício (um para achar o que falar, outro para não ser repetitivo).

Vou relembrar das aulas forçadas de redação do ensino médio, ver os detalhes ao meu redor e escrever sobre eles. Escrever, tentar tirar algo dali e trabalhar para que minha atenção fique boa o suficiente para o cérebro fazer isso no automático (ou para facilitar alguns pontos). Uma das melhores partes será aliar escrita à fotografia. Vai ser mais complicado, mas tem que dar certo. Dois elementos da tríade (escrever + fotografar + fazer vídeos) sendo trabalhados e desenvolvidos. Uma olhada para escrever, outra para fotografar. Essa é a ideia.

Pra ficar bom, você tem que praticar. Essa frase veio até com um ritmo para ser cantada. E nesse balanço, torço para que a empolgação não seja resultado de um domingo tedioso.

  • Bruno Confortin

    Uuuhh, escreve bem, Luan :D e a foto ficou incrível.

  • Foto muito top. Agora tá como wallpaper do celular.