in Contos e Crônicas

Jornada

Quando encontramos uma pessoa que se torna importante, uma parte dela sempre estará conosco, principalmente na distância.

Entre livros, sorrisos e requebrados, as memórias se revivem ao som de Glee e High School Musical. Evidenciam o otimismo contagiante, a habilidade de deixar o ambiente leve e a luta para ir atrás do que faz o coração bater mais rápido. O jeito como isso tudo é transmitido às pessoas que você toca.

Que a sua jornada retribua todas as gargalhadas que você provocou e sonhos que inspirou. Que a caminhada seja regada de surpresas prazerosas, pessoas incríveis e bolhas de segurança. Que o quentinho no peito provocado pela saudade se mantenha até o próximo abraço.

Desejo todos os altos e baixos que tornam a vida gostosa e, principalmente, que o que há no Brasil seja um ponto de impulsão ao que você procura e não algo que te aprisione.

“Ao permitir que nossa própria luz brilhe, estamos dando permissão para que outros façam o mesmo. Nos libertando dos nossos próprios medos, automaticamente nossa presença liberta os outros.” – Marianne Williamson

Você é importante. Lembre-se sempre disso.

Gostou desse texto? Ajude compartilhando nas redes sociais.
Você pode assinar minha newsletter também. Saiba mais clicando aqui.