Faz falta

Sinto falta de quem eu era quando estava com você. De como minha pele respondia ao toque dos seus dedos, o arrepio induzido por um desejo crescente. As batidas no peito alterando o compasso por ter você mais perto, acelerando o ritmo pedindo por uma nova música.

Continue reading

Janela

Ele estava deitado de lado aproveitando a brisa vinda da janela logo em frente. A cama era grande, vestida com um lençol de textura lisa, confortável ao toque e convidativo. Atraente para o físico e mente, carregado de lembranças. O som da cortina dançando preenchia o quarto, provocando um show de luzes sutil sobre as pálpebras fechadas.

Continue reading

Chá

Marcos estava parado ao lado do fogão, com o peso apoiado na bancada. Braço cruzado sobre o abdômen, uma das mãos apoiando o queixo. Olhava fixo para o nada até a chaleira apitar reclamando da água quente. O clima pedia por uma bebida gelada, mas chá recebia passe livre até nos dias quentes.

Continue reading